O Perseus Biblioteca oferece suporte para arquivos gerados por coletores de dados. O recurso fica no menu “Arquivos de inventário” (imagem 1), disponível para bibliotecários. Nesta seção é possível enviar ao sistema Perseus, os arquivos gerados através do coletor de dados de sua preferência.

O formato do arquivo gerado pelo coletor deve ser “.txt”, e conter somente os códigos de barras dos exemplares, separados por ponto-e-vírgula (;). Caso haja códigos de barras repetidos no arquivo o sistema irá importar apenas um, mas deixará salvo e disponível para visualização quais foram os códigos repetidos, e quantas vezes cada um repetiu.

Ainda visualizando a (imagem 1), pode-se observar a coluna “Apenas arquivo”, que informa quantos códigos de barra foram coletados pelo leitor, mas que não estão cadastrados no sistema. Na coluna “Apenas sistema”, são identificados os exemplares cadastrados no sistema que não foram encontrados no arquivo.

Ao clicar sobre o número das referidas colunas, uma listagem completa será exibida com as informações solicitadas. Também é possível imprimir clicando no ícone da impressora, no canto superior direito da tabela.


Imagem 1


Após importado o arquivo para o sistema, basta ir no menu “Relatórios” e acessar os itens de inventário. Os Modelos 1 e 3 tem um campo opcional “Arquivo de inventário” (imagem 2). Ao selecionar o arquivo importado anteriormente, o relatório será gerado considerando apenas os exemplares com os códigos de barras do arquivo.

Imagem 2